quinta-feira, 17 de julho de 2008

“Batman – O Cavaleiro das Trevas”

video

O aguardado “Batman – O Cavaleiro das Trevas” chega às telas nesta sexta-feira (18), e as expectativas foram de fato atingidas. A atuação de Heath Ledger, morto aos 28 anos em janeiro passado de uma overdose de medicamentos, no papel de Coringa levou o longa a uma nova dimensão ainda mais confusa, sombria e assustadora.

Depois da cartada dada em “Batman Begins”, longa que precede o “Cavaleiro das Trevas”, o Coringa abre a trama com uma seqüência de ação em que rouba um banco. Ao lado de seus comparsas, ele já se mostra um vilão frio e com nenhum objetivo definido. Heath Ledger, que fez neste filme a sua última atuação antes de morrer em janeiro deste ano, interpreta o Coringa com uma enorme cicatriz no rosto e uma faca como sua principal arma. As roupas deixam de lado o tom colorido e vivo do Coringa de Jack Nicholson e passam a ser um roxo escuro e "sujo".

Sua atuação é um dos pontos áureos de todo o filme. A característica sarcástica e cômica do personagem fica em segundo plano, e suas piadas tomam um tom assustador. É com esta tensão que o espectador fica durante todo o desenrolar da trama, na qual o Coringa parece estar sempre um passo à frente. Apesar de manter algumas piadas, que agradam a platéia, a tensão do personagem volta à tona poucos segundos depois. A maquiagem carregada e destorcida, as marcas no rosto e o seu jeito de falar fazem do Coringa o personagem mais impressionante de toda a trama.

Assim como em “Batman Begins”, Batman, interpretado novamente por Christian Bale, se mantém um herói humano, com suas fraquezas, medos e ideais. Desta vez com um aparato ainda mais sofisticado, ele já se tornou um símbolo na cidade de Gotham e se infiltrou nas ações da polícia com ajuda de Gordon (Gary Oldman). Ele luta para tentar acabar com a Máfia na cidade, e a princípio, não percebe a dimensão do poder do seu principal oponente, o Coringa.

Rachel Dawes deixa de ser interpretada por Katie Holmes e ganha vida com Maggie Gyllenhaal. A atriz é a única substituição no elenco principal. No longa, ela se firma ao lado do promotor Harvey Dent (Aaron Eckhart), que luta pelos mesmos ideais que a jovem advogada. Harvey, por sua vez, se torna o grande herói de Gotham – um herói não mascarado – e passa a ser outro alvo do Coringa ao lado do próprio Batman, Rachel e o policial Gordon.

O longa se desenvolve com cenas e transições extremamente rápidas, que podem deixar os espectadores que não estão tão familiarizados com o enredo um pouco confusos. A trama é amarrada de maneira precisa, com reviravoltas inesperadas.

Ao todo, "O Cavaleiro das Trevas" pode ser considerado ainda melhor que o longa que o precede. Com personagens bem construídos, tanto do lado dos heróis quanto o vilão Coringa, as duas horas e meia de duração são permeadas por cenas de ação que não chegam a ser exageradas, além do sentimento de muita tensão.

O enredo

A história de "Batman - O Cavaleiro das Trevas" se passa um ano e meio depois do longa anterior, "Batman Begins". Batman se une ao promotor Harvey Dent e o policial Gordon para tentar acabar com a Máfia na cidade.

É quando surge um novo vilão, o Coringa, aparentemente sem objetivos. Cansado de roubar por roubar e matar por matar, ele faz um acordo com os líderes da Máfia. No acerto, ele se propõe a acabar com a vida do herói mascarado.

Gazeta do Povo

Nenhum comentário:

_________________________________________________________